Petróleo sobe por temor de corte da oferta da Opep

Agência AFP

LONDRES - Os preços dos petróleo subiam nesta sexta-feira, depois da forte queda da véspera, pelo temor de que a Opep reduza a oferta em uma reunião de emergência convocada para a próxima semana.

O principal contrato a futuro de Nova York, o West Texas Intermediate (WTI) para entrega em novembro, subia US$ 1,14 a US$ 70,99, nas negociações eletrônicas.

O contrato caiu US$ 4,69, a US$ 69,85, na quinta-feira, fechando pela primeira vez abaixo de US$ 70 desde agosto de 2007.

O barril de Brent do Mar do Norte para entrega em dezembro subia US$ ),75 a US$ 68,59 o barril. O contrato de novembro expirou na quinta-feira em queda de US$ 4,48, a US$ 66,32.

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) reúne 12 países e fornece 40% do petróleo mundial.

O ministro da Energia do Qatar, Abdallah Ben Hamad Al Atiya, indicou que o cartel pode reduzir a produção em pelo menos um milhão de barris diários.