Ministros japoneses trabalharão em novo pacote de combate à crise

SÃO PAULO, 17 de outubro de 2008 - O primeiro-ministro japonês Taro Aso pediu hoje a ministros do país asiático para desenvolverem um novo pacote de medidas de combate à crise econômica até o final deste mês. A iniciativa representa o segundo pacote de estímulo econômico dentro de um cenário de possível recessão no Japão.

De acordo com Takeo Kawamura, chefe-de-gabinete do governo, Aso orientou os ministros a refletirem energicamente sobre o pacote, partindo do ponto de vista dos cidadãos japoneses e deixando de lado interesses setoriais específicos. Segundo Kawamura, os trabalhos serão conduzidos por Kaoru Yosano, Ministro da Economia e Política Fiscal do Japão.

Ontem, o Parlamento japonês promulgou o plano de estímulo econômico de emergência de US$ 18 bilhões. O Senado, controlado pela oposição, aprovou o novo gasto orçamentário, um pouco superior ao adotado na semana passada na Câmara dos Deputados, onde Taro Aso tem maioria.

As medidas incluiam respaldos financeiros aos consumidores, às empresas e aos agricultores para que a principal economia asiática enfrente a crise da economia mundial.

(Redação - InvestNews)

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais