BC anuncia novo leilão para amanhã

SÃO PAULO, 16 de outubro de 2008 - Depois de um dia de forte oscilação, em que o dólar chegou a subir 3,5% no final da manhã, a cotação da moeda norte-americana cedeu na parte da tarde, em razão da boa venda de ações em Nova York e pelas três intervenções do Banco Central, no decorrer do dia, para colocação de dólares no mercado. Isso fez com que o dólar fechasse com desvalorização de 0,18% em relação à véspera, com cotação de R$ 2,16.

Apesar disso, o BC anunciou, no início da noite que realizará mais um leilão de swap cambial (contratos que trocam o rendimento em juros pela oscilação da moeda americana) amanhã. A autoridade monetária vai oferecer US$ 1,4 bilhão em contratos com vencimento em 1º de dezembro para atender à demanda do mercado, nos mesmos moldes do leilão realizado hoje, no valor de US$ 1,814 bilhão.

O BC fez mais dois leilões nesta quinta-feira. Em um deles, vendeu US$ 1 bilhão, com cotação unitária de R$ 2,205, e compromisso de recompra com taxa máxima de R$ 2,29 em 20 de abril de 2009. O outro leilão foi de venda direta de dólares à taxa de R$ 2,211. Caso em que o dinheiro fica no mercado e deixa de fazer parte das reservas internacionais, mas o BC não informa quanto saiu.

As informações são da Agência Brasil.

(Redação - InvestNews)