Wilson,Sons amplia estaleiros de olho na Petrobras

SÃO PAULO, 1 de outubro de 2008 - A Wilson, Sons anunciou ontem que além da inauguração do cais - 3º berço de atracação - a empresa ainda atua na expansão do estaleiro no Guarujá, em São Paulo e um novo estaleiro em Rio Grande, no Rio Grande do Sul, gerando investimentos da ordem de US$ 20 milhões e US$ 40 milhões, respectivamente.

Essas duas últimas ações da empresa são em virtude de uma demanda reprimida no mercado, que de acordo com dados não oficiais, a Petrobras deverá encomendar nos próximos quatro anos mais 146 embarcações para auxiliar as plataformas de exploração do petróleo.

No Guarujá, a Wilson, Sons já entrou com pedido de licença ambiental, enquanto que em Rio Grande, o Conselho de Autoridade Portuária (CAP) concedeu a área de zoneamento, mas falta a licença ambiental.

´Hoje, no estaleiro do Guarujá, a empresa consegue entregar 2 PSVs - embarcação de apoio às plataformas de petróleo - ou 4 rebocadores por ano, com as duas ações - Guarujá e Rio Grande - vai ser possível duplicar a capacidade do estaleiro´, afirma Cezar Baião, presidente da Wilson, Sons.

<WSON>

(Déborah Costa - InvestNews)