Odebrecht aceita acordo do governo equatoriano

SÃO PAULO, 1 de outubro de 2008 - A Construtora Norberto Odebrecht, líder do consórcio responsável pela obras da Hidrelétrica de São Francisco, no Equador, integrado também pelas empresas Alstom e VaTech, confirma que aceitou os termos exigidos pelo Governo equatoriano para firmar o Acordo de Compromissos já assinado pela empresa e entregue às autoridades equatorianas.

O acordo prevê além do pagamento dos gastos decorrentes dos trabalhos de correção dos problemas verificados em dos tíneis e de alguns componentes eletromecânicos, independentemente da apuração das responsabilidades, a extensão da garantia contra defeitos das obras civis por mais um ano; garantia de cinco anos para os reparos ora efetuados; transferência à Hidropastaza, contratante da obra, da garantia adicional dos equipamentos; e a entrega a um fiel depositário do valor de US$ 43,8 milhões, com o objetivo garantir, após avaliação de Peritagem Internacional independente, responsabilidades que venham a ser atribuídas ao Consórcio referentes a: pagamento de multas por paralisação da Central e devolução dos custos recebidos pela antecipação do prazo de entrega.

(Redação - InvestNews)