Brasil e Paraguai criam 2 subcomissões para Itaipu

SÃO PAULO, 1 de outubro de 2008 - A comissão oficial formada pelos governos do Brasil e do Paraguai para discutir a revisão do Tratado de Itaipu - que determina que o excedente energético paraguaio deve ser comercializado exclusivamente ao Brasil a preço de custo - resultou na formação de duas subcomissões: uma para avaliar os aspectos financeiros da dívida e da tarifa, outra para examinar questões técnicas relacionadas à produção de energia e de obras de infra-estrutura.

As subcomissões têm um prazo de 30 dias para aprofundar a análise das informações sobre cada um dos temas propostos. No dia 27 de outubro, haverá uma reunião da comissão oficial de negociação. Segundo o ministro interino de Minas e Energia do Brasil, Márcio Zimmermann, a decisão de formar subcomissões atende à necessidade de criar uma única base de informações para os dois lados da mesa negociadora.

Após a reunião, um consenso. 'Este encontro foi muito importante para iniciar os esforços de cooperação para chegarmos a um acordo', disse Jorge Lara Castro, vice-ministro de Relações Exteriores do Paraguai. 'Foi um bom início de diálogo', complementou.

(Redação - InvestNews)