Economia sul-coreana tem expansão de 0,8% no 2° trimestre

SÃO PAULO, 5 de setembro de 2008 - O Produto Interno Bruto (PIB) da Coréia do Sul avançou 0,8% entre abril e junho deste ano, em relação ao trimestre anterior, de acordo com informações divulgadas hoje pela autoridade monetária do país asiático. Já em relação ao segundo trimestre de 2007, a economia sul-coreana cresceu 4,8%. O resultado corresponde à estimativa preliminar divulgada em julho pelo Banco da Coréia do Sul (BoK, central).

Ontem, o Fundo Monetário Internacional (FMI) descartou a possibilidade de que o país asiático enfrente uma crise financeira, citando os fundamentos mais fortes da economia atual, em comparação a 1997, época da crise asiática.

"A expectativa é que a Coréia do Sul viva um momento difícil nos próximos trimestres, mas nada comparado à crise asiática de 1997. Não há razões para supor que o país possa enfretar um crise financeira", afirmou Jerry Schiff, diretor-assistente do FMI para a região Ásia-Pacífico, em entrevista concedida à agência de notícias sul-coreana Yonhap.

(Redação - InvestNews)