Desemprego avança para 6,1% e país fecha 84 mil vagas

SÃO PAULO, 5 de setembro de 2008 - Os dados do mercado de trabalho norte-americano apontaram que a taxa de desemprego avançou de 5,7% em julho para 6,1% em agosto na região. O índice veio acima do esperado pelo mercado que projetava 5,4%. Essa é a maior taxa em cinco anos.

Já a economia dos Estados Unidos perdeu 84 mil postos de trabalho em agosto ante o mesmo período do mês anterior, refletindo a situação no setor de manufaturas, e emprego no setor de serviços, enquanto que as vagas no setor de saúde avançaram no período. Os números vieram pior do que o esperado pelo mercado que projetava perda de 70 mil postos de trabalho.

Com esses dados, o número de pessoas desempregadas cresceu 592 mil, para 9,4 milhões em agosto. Enquanto que nos últimos doze meses esse número cresceu 2,2 milhões.

O segmento da construção civil cortou 8 mil postos de trabalho em agosto. Já o setor manufatureiro reduziu em 61 mil suas vagas.

Ainda de acordo com o relatório, a remuneração por hora subiu US$ 0,07 ou 0,4%, indo para US$ 18,14 em agosto.

Os dados foram divulgados há pouco, pelo Departamento de Trabalho dos Estados Unidos.

(Redação - InvestNews)