Exportação de etanol deve crescer 19%

SERTÃOZINHO, 4 de setembro de 2008 - A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) estima que até o fim do ano sejam enviados a outros países 4,17 bilhões de litros de etanol, crescimento de 18,21% a mais do que os 3,53 bilhões de litros de 2007, segundo um estudo da estatal. A projeção é de que em 2011 os embarques cheguem a 6,10 bilhões, aumento de 72,85% sobre o resultado do ano passado.

Os Estados Unidos e Caribe continuam liderando as importações de álcool do Brasil, com participação de 59% do álcool exportado em 2007, segundo a Conab. ´O Caribe é um ponto importante, pois o álcool hidratado que é transformado lá em anidro não paga a sobre taxa de US$ 150 por metro cúbico´, diz o presidente da estatal, Wagner Rossi.

Os Países Baixos e o Japão representam 28% e 3%, respectivamente, das exportações brasileiras. Rossi explica que os Países Baixos aparecem com destaque, pois o porto de Roterdã, na Holanda, é o hub do produto na Europa. ´Isso não quer dizer que não vá para outros países.´

(Sérgio Toledo - InvestNews)