Consumo de etanol no Brasil deve saltar 50% em 5 anos

REUTERS

SÃO PAULO - O consumo de etanol no Brasil deve subir para 24,8 bilhões de litros em 2011, alta de 50,5% em relação ao volume consumido no País no ano passado (16,47 bilhões de litros), previu a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) nesta quinta-feira, no estudo "O etanol como um novo combustível universal".

- A demanda interna pelo produto deve saltar- disse ngelo Bressan, analista responsável pela pesquisa.

Em um comunicado, a Conab afirma que esse aumento reflete a opção de indústrias, produtores, governo e consumidores por "uma matriz energética limpa".

Bressan destacou o crescimento da frota bicombustível no Brasil como fator de estímulo para o consumo de etanol.

A participação de veículos flex nas vendas de carros novos está no patamar de 85% do total comercializado no País.

Ainda segundo o estudo, as exportações brasileiras do biocombustível também deverão crescer, atingindor 6,1 bilhões de litros em 2011, alta de 72,8% na comparação com as registradas em 2007.

No ano passado, as vendas externas de etanol somaram 3,53 bilhões de litros, segundo a Conab.

A estatal ainda prevê aumento de 18,2% nas vendas externas de álcool este ano, em relação a 2007, para 4,17 bilhões de litros.