Nível de atividade cresce 2,8% em julho

SÃO PAULO, 28 de agosto de 2008 - A indústria de transformação paulista apresentou expansão em julho, depois de registrar o melhor desempenho do ano em junho (3,4% - dado revisado), segundo a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). O Indicador de Nível de Atividade (INA) cresceu 2,8% no mês passado face a junho, com ajuste sazonal. Se descontada a sazonalidade, o indicador apresenta avanço de 1,4% no período.

Em relação a julho de 2007, o INA aumentou 9,4%. No ano, o indicador acumula alta de 8,9%; e de 8,4% em 12 meses.

Já as vendas reais da indústria paulista tiveram acréscimo de 0,1% em julho frente junho. Se comparado com julho de 2007, houve crescimento de 11%. No ano, as vendas acumulam expansão de 6,9%.

O total de salários reais pagos também aumentou 2,6 em julho, contra junho. Em relação a igual mês de 2007, houve alta de 8,2%. De janeiro a julho, o avanço foi de 4,9%.

Segundo a Fiesp, o salário real médio subiu 1,7% em julho, ante junho e 3,1% em relação ao mesmo mês de 2007. No entanto, no ano, os salários registraram queda de 0,2%.

A indústria paulista teve 0,9% mais horas trabalhadas em julho, frente a junho. Na comparação com julho de 2007, o crescimento foi de 5,3%.

(Vanessa Stecanella - InvestNews)