Déficit nominal no ano alcança 0,53% do PIB

SÃO PAULO, 27 de agosto de 2008 - O governo central registrou déficit nominal, que inclui o resultado primário e os juros nominais apropriados, de R$ 6,7 bilhões em julho. No ano, o déficit nominal acumulado alcançou R$ 8,6 bilhões, o que representa 0,53% do Produto Interno Bruto (PIB). Os dados foram divulgados pelo Banco Central (BC) na Nota de Política Fiscal.

O resultado negativo de 2008 é inferior ao déficit acumulado no mesmo período de 2007, de R$ 13,4 bilhões, o equivalente a 0,92% do PIB. Tomando-se os fluxos acumulados nos últimos doze meses, o déficit nominal atingiu R$ 53,1 bilhões (1,94% do PIB), mantendo-se no mesmo nível observado em junho.

Se analisadas as principais fontes de financiamento do setor público em julho, houve expansão de R$ 23,8 bilhões na dívida mobiliária, contrabalançada pelas reduções de R$ 7,2 bilhões na dívida bancária líquida, de R$ 7 bilhões no financiamento externo e de R$ 2,9 bilhões nas outras fontes de financiamento interno, que incluem a base monetária.

(PD - InvestNews)