BoK rejeita especulação sobre saída de capitais

SÃO PAULO, 27 de agosto de 2008 - O Banco da Coréia do Sul (BoK, central) afirmou hoje que não prevê uma fuga de capitais estrangeiros investidos em bônus locais em setembro, contrariando as especulações de investidores.

De acordo com o BoK, os estrangeiros continuam comprando bônus locais, principalmente em virtude da diferença cada vez maior entre as taxas básicas de juros da Coréia do Sul e dos Estados Unidos. No entanto, as vendas de bônus sul-coreanos caíram em até US$ 4,2 bilhões entre junho e julho.

A crescente preocupação que ronda os mercados sul-coreanos é que a instabilidade nos mercados financeiros poderá se acentuar caso os investidores estrangeiros vendam seus portfólios de dívidas, fazendo crescer os rendimentos.

"O BoK monitorará os investimentos estrangeiros em bônus do governo e, caso seja necessário, a autoridade monetária elevará sua participação nos mercados de intercâmbio para reduzir o nervosismo entre os investidores", disse o BoK em comunicado.

(Redação - InvestNews)