Projeções longas operam em queda na BM&F

SÃO PAULO, 25 de julho de 2008 - As projeções de juros embutidas nos contratos de Depósitos Interfinanceiros (DI) negociados na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F) iniciam os negócios sinalizando estabilidade no curto prazo e queda nas de longo prazo. O DI de janeiro de 2010 indicava taxa anual de 14,81%, ante 14,86% ao ano, com 43,4 mil negócios e giro de R$ 3,5 bilhões.

O DI de janeiro de 2009 registrava taxa anual de 13,68%, contra 13,71% do ajuste de ontem, após 37,1 mil contratos negociados e de volume de R$ 3,5 bilhões. O contrato de janeiro de 2012 apontava taxa anual de 14,20%, contra 14,26% do último ajuste. No curto prazo, outubro apontava juro anual de 13,06%.

(Simone e Silva Bernardino - InvestNews)