Lucro líquido da Audi avança 37% no 1° semestre

SÃO PAULO, 25 de julho de 2008 - A Audi reportou hoje um avanço de 37% no lucro líquido do primeiro semestre de 2008, para 930 milhões de euros (US$ 1,46 bilhão), em comparação ao mesmo período do ano anterior, quando atingiu 679 milhões de euros. Já as vendas da companhia avançaram 0,1% no período, para 17,4 bilhões de euros.

O resultado foi impulsionado pela queda de 0,6% nos custos de produção e pela demanda pelo novo Audi A5 Coupe e pelo Audi A4 sedan (última geração).

No início deste mês, Rupert Stadler, presidente da montadora, que atingiu um recorde de unidades comercializadas no primeiro semestre deste ano, declarou que a companhia pode registrar em 2008, pela primeira vez na história, o número de 1 milhão de automóveis vendidos.

O aumento das vendas teve destaque especial nos mercados da região Ásia-Pacífico. De janeiro a julho, a Audi vendeu 78,9 mil carros nesta localidade, um aumento de 19,9% em relação ao primeiro semestre do ano passado.

Também no Leste Europeu, as vendas cresceram 15,1%, o que equivale a 22,4 mil carros. O destaque da região ficou por conta da Rússia, onde as vendas cresceram 19,1% em relação ao mesmo período do ano anterior, o que corresponde a 8.660 carros vendidos.

O principal destino das vendas na Europa continua sendo o Reino Unido, com 57,9 mil carros vendidos, 4,4% a mais que no primeiro semestre de 2007. Já na China, onde a Audi é líder há vinte anos, o crescimento foi de 22,8% no primeiro semestre, totalizando 60,5 mil automóveis vendidos.

(Redação - InvestNews)