Receita da Lexmark recua 6% no trimestre

SÃO PAULO, 24 de julho de 2008 - A Lexmark International registrou uma receita no segundo trimestre de US$1,14 bilhão, uma diminuição de 6% em comparação com a receita de US$1,21 bilhão no ano passado. Os rendimentos por ação GAAP (generally accepted accounting principles - princípios contábeis geralmente aceitos) no segundo trimestre foram de US$0,89.

"Durante o segundo trimestre continuamos a mudança estratégica iniciada no final de 2007. Os lucros por ação (EPS - earnings per share) cresceram em uma base anual no segundo trimestre e tivemos uma boa performance de geração de caixa. De modo geral, temos mais trabalho a fazer para continuar a implementar nossa estratégia e para estimular crescimento nos segmentos de alta utilização", diz Paul J. Curlander, presidente do conselho e diretor executivo da Lexmark.

"Um elemento chave é o lançamento de produtos e tecnologia líderes de mercados, o que nos permitiu conquistar algumas grandes contas empresariais recentemente e resultou em nossos novos produtos de jato de tinta Professional Series e Home and Student Series anunciados ontem".

A receita de US$ 763 milhões do segundo trimestre de 2008 no segmento empresarial cresceu 4% em uma base anual. A receita de US$ 376 milhões no segmento de consumidor diminuiu 21% em comparação com o ano anterior, basicamente devido a mudanças estratégicas anunciadas em outubro último e à desaceleração no mercado de jato de tinta.

A margem de lucro bruta do segundo trimestre de 2008 foi 36,6%, as despesas operacionais foram de US$ 316 milhões, a margem de rendimento operacional foi de 8,9%, o rendimento operacional foi de US$ 101 milhões e os lucros líquidos foram de US$ 84 milhões.

A margem de lucro bruta do segundo trimestre de 2007 foi 30,6%, a despesa operacional foi de US$ 305 milhões, a margem de rendimento operacional foi de 5,4%, o rendimento operacional foi de US$ 66 milhões e os lucros líquidos foram de US$ 64 milhões.

(Redação - InvestNews)