Dow Jones encerra em baixa de 2,43%; Nasdaq recua 1,97%

SÃO PAULO, 24 de julho de 2008 - As bolsas norte-americanas encerraram em queda pressionadas pelos resultados da Ford e da Dow Chemical abaixo do esperado. Também contribuiu para o recuo a divulgação de dados econômicos negativos nos Estados Unidos.

O índice Dow Jones Industrial Average, da Bolsa de Valores de Nova York (NYSE, na sigla em inglês), fechou o pregão em baixa de 2,43%, aos 11.349 pontos. O S&P 500 caiu 2,31%, para 1.252 pontos. E na bolsa eletrônica, o índice composto Nasdaq perdeu 1,97%, para 2.280 pontos.

A Ford apresentou prejuízos de US$ 8,7 bilhões no segundo trimestre e anunciou que vai converter três fábricas de veículos comerciais para a produção de automóveis pequenos. As ações da companhia encerraram com queda de 15,26%.

A Dow Chemical também registou queda no trimestre pressionada pelo aumento dos custos das matérias-primas. Os lucros caíram 27% e os papéis da empresa fecharam com desvalorização de 3,30%.

Já os novos pedidos de subsídio de desemprego nos Estados Unidos aumentaram em 34 mil, na semana passada, segundo o Departamento do Trabalho norte-americano.

As vendas de casas usadas no país também caíram em junho. As vendas recuaram 2,6%, nível mais baixo em 10 anos, sinalizando que o mercado habitacional do país continua em uma situação delicada.

Por outro lado, a Quacomm, o maior fabricante de chips para telefones móveis do mundo, fechou acordo com a Nokia que permite à empresa utilizar algumas patentes da empresa sueca. Os títulos da companhia encerraram em alta de 16,98%. Já as ações da Nokia subiram 2,21%.

(Redação - InvestNews)