Dólar ignora turbulência externa e cai após alta da Selic

REUTERS

SÃO PAULO - O aumento do juro pelo Banco Central fez o dólar cair nesta quinta-feira para o menor nível em mais de nove anos, mesmo com a intensa queda das bolsas e o aumento da aversão a risco no exterior.

A moeda norte-americana terminou o dia a R$ 1,579, em baixa de 0,38%. É a menor cotação de fechamento desde 19 de janeiro de 1999, dias após o Brasil adotar o regime de câmbio flutuante.

O BC anunciou na véspera um aumento de 0,75 ponto percentual na taxa de juro para combater as pressões inflacionárias. A Selic, agora a 13% ao ano, havia subido 0,5 ponto percentual nas duas reuniões anteriores.