CORREÇÃO: E-COMMERCE: Lucro da Amazon duplica no 2º tri

SÃO PAULO, 24 de julho de 2008 - Ao contrário do informado anteriormente, o lucro da Amazon duplicou no 2º trimestre de 2008. O crescimento de 41% refere-se ao volume de negócios da companhia no período em análise. Segue abaixo nota com título corrigido:

E-COMMERCE: Lucro da Amazon duplica no 2º trimestre

O grupo Amazon, primeiro distribuidor de produtos de entretenimento pela Internet, duplicou seu lucro líquido no segundo trimestre de 2008, com vendas em alta, tanto de produtos eletrônicos como culturais. O resultado superou as expectativas do mercado.

A Amazon registrou lucro líquido de US$ 158 milhões, contra US$ 78 milhões um ano antes, e seu volume de negócios aumentou 41%, a US$ 4,040 bilhões. O lucro por ação chegou a US$ 0,37, superando os US$ 0,26 esperados pelos analistas, que previam vendas de US$ 3,96 bilhões.

No primeiro semestre deste ano, o lucro líquido atingiu US$ 301 milhões (US$ 0,7 por ação), registrando uma alta de 59,2% em relação ao mesmo período do ano passado. As vendas no semestre avançaram 39%, para US$ 8,198 bilhões.

Para o terceiro trimestre, a companhia espera vendas entre US$ 4,20 bilhões e US$ 4,43 bilhões. Para o conjunto do ano, a Amazon.com calcula faturamento entre US$ 19,35 bilhões e US$ 20,10 bilhões, o que corresponde a uma alta de 30% e 35% em relação aos ingressos de 2007. Além disso, a companhia projeta um lucro operacional de US$ 920 milhões até o final de 2008, ante US$ 745 milhões vistos um ano antes.

De acordo com Jeff Bezos, chefe-executivo da Amazom, os produtos eletrônicos, o serviço de download de livros digitais e o frete gratuito atraíram os clientes norte-americanos, apesar das condições atuais do mercado nos Estados Unidos, que enfrenta o declínio no valor dos imóveis e as altas recordes nos preços da gasolina.

Os resultados da Amazom, assim como o crescimento das vendas pela internet, sugerem que mais consumidores estão comprando roupas e televisores pelo e-commerce.

(Redação - InvestNews)