Bolsa trabalhará bem recursos estrangeiros

SÃO PAULO, 24 de julho de 2008 - A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) será o mercado que atuará com melhor performance os recursos que o País deverá receber advindos do investment grade recebido pelo Brasil no primeiro semestre deste ano, na visão de André Paes, gestor do fundo de ações da Infinity Asset Management. ´Mesmo tendo surpreendido negativamente no primeiro semestre deste ano, a perspectiva é de que o mercado de capitais nacional seja beneficiado no médio e longo prazo com os investimentos que deverão entrar no País em decorrência do grau de investimento recebido pelo Brasil no primeiro trimestre deste ano´, avalia. ´A Bolsa reagiu como se esperava com o investment grade. A queda observada neste primeiro semestre é reflexo do processo inflacionário mundial e do aumento nas taxas de juros de muitos países o que prejudica os seus crescimentos. Com a normalização deste cenário, é esperado que a bolsa também se estabilize e recupere as perdas deste período´, analisa Paes.

Para o gestor, a bolsa não deve ser uma aposta para investidores especulativos. ´É preciso analisar o potencial das empresas que lá estão e há muitas empresas boas para se investir´, recomenda.

(Angela Ferreira - InvestNews)