Preço do barril do petróleo não deve diminuir, diz ministro da Argélia

JB Online

RIO - De acordo com a rádio CBN, o presidente da Organização dos Países Exportadores de Petróleo e ministro de Energia da Argélia, Chakib Khelil, disse que a escalada dos preços do petróleo não deve retroceder.

Ele afirmou que a forte demanda do mercado, especialmente na China e na Índia, é uma razão para que os preços fiquem tão elevados quanto estão.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais