Presidente da Hyundai cumpre pena por coruupção cuidando de bebês

JB Online

SEUL - O presidente da fabricante sul-coreana de automóveis Hyundai, Chung Mong Koo, cumpriu nesta quarta-feira seu primeiro dia de pena por corrupção e fraude. O executivo, de 71 anos, fez faxina em uma creche e cuidou de bebês.

Mong Koo foi condenado por desviar verba da empresa para o suborno de funcionários públicos e feito operações ilegais com ações da companhia com o objetivo de manter seu controle acionário.

Ele pegou três anos de cadeia, mas teve sua pena convertida na prestação de 300 horas de serviços à comunidade, além de doações, palestras e artigos na mídia local sobre ética nos negócios.