Hong Kong terá Mercado de Commodities em 2009

SÃO PAULO, 25 de junho de 2008 - O Barclays, o Morgan Stanley e o Citic Group colaborarão com a criação do Mercado de Commodities de Hong Kong, que tem como objetivo acompanhar a crescente demanda por matérias-primas da China, segundo maior consumidor de petróleo do mundo. É mais uma iniciativa de Hong Kong para impulsionar sua posição como centro de negociações na Ásia.

De acordo com Barry Cheung, presidente da Bolsa de Valores de Hong Kong, o Mercado de Commodity proposto começará a operar a partir do primeiro trimestre de 2009, e oferecerá contratos de petróleo denominados em dólar para entrega na China.

Os futuros de cobre e petróleo apresentaram alta recorde neste ano em Nova York e Londres, uma vez que os investidores buscam ativos alternativos para o dólar fraco e declínio das ações.

(Redação - InvestNews)