ArcelorMittal planeja comprar participação na China

SÃO PAULO, 25 de junho de 2008 - A ArcelorMittal, maior siderúrgica do mundo, planeja adquirir participação majoritária em uma siderúrgica chinesa, mas terá que aguardar no mínimo cinco anos, informou hoje Lakshmi Mittal, chefe-executivo da companhia.

Em encontro do segmento, Mittal afirmou que, primeiramente, a China quer consolidar a sua indústria do aço antes de permitir que investidores estrangeiros adquiram o controle de um setor estratégico.

De acordo com Mittal, as fusões, como a realizada entre a Arcelor e a Mittal Steel, melhoram a eficiência e as perspectivas de crescimento no mercado, em um momento em que a demanda global está aumentando.

A ArcelorMittal possui um terço da siderúrgica chinesa de médio porte Valin Steel Tube & Wire e uma participação na China Oriental Group, listada na Bolsa de Valores de Hong Kong. No ano passado, o plano da ArcelorMittal de comprar 38,41% das ações da Laiwu Steel, uma das 10 maiores siderúrgicas da China, fracassou.

(Redação - InvestNews)