Preço de fertilizantes tende a estabilizar

SÃO PAULO, 24 de junho de 2008 - O presidente da Câmara Temática de Insumos Agropecuários, Cristiano Walter Simon, disse que não haverá elevação dos preços dos fertilizantes. Segundo ele, o mercado sinaliza uma estabilização dos patamares atuais. "Isso se deve ao fornecimento equilibrado de produtos para a demanda nacional e aos estoques, que estão satisfatórios. Podemos garantir que, neste ano, não vai faltar adubo para o plantio. Além disso, está previsto aumento de área para culturas como soja, milho, cana, café e algodão", ressaltou.

De acordo com dados da Associação Nacional para Difusão de Adubos (Anda), no período de janeiro a maio de 2008, foram entregues aos consumidores 9 milhões de toneladas de fertilizantes, 95% a mais do que em 2006. A expectativa da indústria é de que, até o fim do ano, sejam entregues 26 milhões de toneladas de fertilizantes, o que representa aumento de 5% em relação a 2007.

(Sérgio Toledo - InvestNews)