Paulistanos estão mais confiantes na economia

SÃO PAULO, 24 de junho de 2008 - O consumidor paulistano está mais confiante na economia, segundo a Federação do Comércio do Estado de São Paulo (Fecomercio). Em junho, o Índice de Confiança do Consumidor (ICC) caiu 3,1% em comparação a maio, atingindo 142,9 pontos, resultado considerado como nível elevado de otimismo. Em relação a junho de 2007, o índice apresentou elevação de 9,6% (130,4 pontos), devido à melhora no poder de compra e à estabilidade no nível do endividamento.

O ICC varia de zero a 200 pontos, indicando pessimismo abaixo de 100 pontos e otimismo acima desse patamar. É composto por dois indicadores: o Índice das Condições Econômicas Atuais (ICEA) e o Índice das Expectativas do Consumidor (IEC). No mês analisado, o ICEA - que registra como o entrevistado percebe a sua situação atual - apresentou queda de 1,8% em relação a maio (152,5 pontos). A percepção em relação ao futuro, contemplada pelo IEC também teve baixa de 4,1% em relação a maio, atingindo 136,6 pontos.

De acordo com a Fecomercio, a queda do ICC se deve principalmente ao aumento dos preços dos alimentos, às incertezas do rumo da inflação e também à trajetória de elevação da taxa de juros, que influencia diretamente a avaliação dos consumidores.

(Redação - InvestNews)