Siderurgia poderia crescer mais, diz Coutinho

Débora Motta, JB Online

RIO - O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico (BNDES), Luciano Coutinho, disse nesta terça-feira, durante o Encontro Nacional de Siderurgia que acontece em Copacabana, que a siderurgia brasileira poderia ter maior nível de crescimento.

- Os números da siderurgia estão um pouco baixos e demoram a deslanchar os investimentos disse Coutinho.

- Considerando o potencial de crescimento da economia brasileira, com a demanda da indústria automobilística, do complexo naval e de petróleo e da construção civil, o potencial de investimento em siderurgia é maior - acrescentou.