NYSE Euronext espera mais de ADR's brasileiras

SÃO PAULO, 2 de junho de 2008 - Embora seja consenso do mercado que o número de empresas que farão oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) este ano seja menor se comparado ao número registrado em 2007, Noreen Culhane, vice-presidente executiva da NYSE Euronext, espera que o número de companhias que listem American Depositary Receipts (ADR's) no mercado externo seja maior.

'Das 64 empresas que fizeram IPO em 2007, apenas duas listaram ADR's na NYSE Euronext. Para este ano, gostaríamos que o número de companhias fosse maior, principalmente se analisado os resultados colhidos pela Gafisa, uma das empresas que listou papéis lá fora, e conseguiu alavancar a liquidez em nível global. Mas isso só deve correr quando o mercado local melhorar', afirmou Noreen Culhane.

Na segunda oferta de ações, realizada no ano passado, a Gafisa listou ADR's na Bolsa de Valores de Nova York e conseguiu multiplicar a liquidez nos papéis em cinco vezes. Em 2007, o giro diário dos papéis da companhia, que era de R$ 7 milhões, saltou para R$ 35 milhões por dia. 'O grande benefício de uma listagem de ADR é o aumento de liquidez dos papéis', ressaltou a vice-presidente executiva da NYSE Euronext.

Atualmente, já são 4 mil empresas listadas na NYSE Euronext, com giro diários de US$ 160 bilhões e valor de mercado próximo a US$ 30 trilhões. As empresas de Londres respondem por US$ 10 trilhões deste total, enquanto que as empresas listadas na bolsa eletrônica Nasdaq são responsáveis por US$ 5,5 bilhões deste volume.

No ano passado, enquanto apenas duas empresas brasileiras acessaram o mercado externo, cerca de 20 companhias chinesas listaram ADR's na NYSE Euronext. 'Atualmente, o conglomerado possui 5% de participação da Bolsa da Índia, 5% de participação na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) e, assim que a Bolsa de Tóquio abrir capital, pretendemos fazer o mesmo', disse Noreen, durante o 10º Encontro nacional de Relações com Investidores e Mercado de Capitais.

(Vanessa Correia - InvestNews)