Companhias aéreas deixam de emitir bilhetes em papel

SÃO PAULO, 2 de junho de 2008 - As companhias aéreas que fazem parte da Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata, sigla em inglês) deixaram, neste domingo, de emitir bilhetes em papel impresso. Ao todo, 240 empresas integram a Iata, contabilizando 94% do tráfego aéreo internacional.

Diante de um cenário instável, no qual as companhias enfrentam as altas do preço do petróleo, a medida permitirá a economia de ? 2,2 bilhões (US$ 5,57 bilhões), e evitará a poda de cerca de 50 mil árvores por ano. Todas as passagens vendidas serão eletrônicas.

Há quatro anos a Iata declarou seu objetivo de eliminar o uso de papel a partir de junho de 2008. O bilhete tradicional, com várias folhas, representava uma despesa aproximada de ? 8,5, contra o ? 0,8 do bilhete eletrônico.

(Redação com agências internacionais - InvestNews)