México amplia preferências tarifárias ao Brasil

Agência AFP

MÉXICO - México ampliou as preferências tarifárias para produtos vindos do Brasil, como parte do Acordo de Complementação Econômica, assinado pelos países em 2002. A decisão foi ratificada em um decreto publicado nesta terça-feira no diário oficial do país.

O México "aplicará as preferências tarifárias assinadas no Acordo de Complementação Econômica Nº. 53 às importações originárias e procedentes da República Federativa do Brasil", atingindo cerca de 1,6 mil produtos, segundo o decreto, que substitui um anterior de abril de 2003.

As preferências tarifárias contempladas, que vão de 20% a 100%, têm efeito retroativo para todas as mercadorias brasileiras importadas desde 1º de julho de 2007.

O México e o Brasil concordaram em realizar negociações para ampliar o tratado bilateral de preferências comerciais durante o Fórum de Davos em janeiro de 2007.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais