Perca dos supermercados chega a R$ 2 bilhões/ano

SÃO PAULO, 19 de maio de 2008 - Cerca de 60% do valor gasto com o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) dos supermercados pode ser recuperado, porém, de acordo com a Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS) - USP é necessário ficar atento, pois a lei está sendo modificada e o valor pode reduzir. Segundo a instituição, por ano, os supermercados perdem cerca de R$ 2 bilhões de reais por não realizar a recuperação do crédito, dos quais 11,8% das perdas são de ordem administrativas.

Segundo o consultor tributário Edimilsion Silva, com a mudança na lei os supermercados terão um débito mensal menor de ICMS para recolher. "Além do valor, vai demorar mais tempo para o crédito ser compensado, pois ficou restrito aos setores produtivos, como as padarias e açougues". Além do ICMS, ainda é possível recuperar, com o diagnóstico do laudo fiscal, Pis, Cofins, IRPJ, CSLL e o IPI.

O consultor diz que é possível reduzir pela metade as perdas administrativas através da utilização dos créditos. Essa maneira rápida de rentabilização já é utilizada por vários supermercados, como é o caso do Good Bom, de Sumaré, que conseguiu investir cerca de R$ 300 mil em funcionários e mercadorias, apenas com a economia feita com o crédito de ICMS.

(Redação - InvestNews)

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais