Inpex reajustará investimento em planta de GNL

SÃO PAULO, 16 de maio de 2008 - A Inpex Holdings, maior exploradora de petróleo do Japão, informou que aumentará o investimento estimado para a sua planta de gás natural liquefeito (GNL) na Indonésia. A companhia tinha previsto um custo de US$ 4,3 bilhões para construir a planta de GNL. A Inpex não informou em quanto esse valor seria reajustado.

A petrolífera nipônica precisa dessa planta para processar o gás que espera extrair do bloco Masela, no mar do Timor. A Inpex dobrou suas reservas na área para mais de 10 trilhões de pés cúbicos, o que permitirá o aumento da capacidade de produção da sua planta na Indonésia, visando assim acompanhar a demanda das suas filiais na Ásia.

De acordo com Shuhei Miyamoto, porta-voz da Inpex, a exploradora japonesa não determinou os custos do projeto, porque ainda está avaliando as reservas de Masela. A Inpex, que recebeu o direito de explorar na região em 1998, poderá construir a planta de GNL na ilha de Aru, a 500 quilômetros de distância do campo de extração de gás. A companhia informou também a possibilidade de construir uma base flutuante.

(Redação - InvestNews)

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais