Lucro do Barclays é afetado por crise creditícia

SÃO PAULO, 15 de maio de 2008 - O Barclays, terceiro maior banco britânico, anunciou hoje um lucro líquido de 1,7 bilhão de libras esterlinas (US$ 3,3 bilhões) no primeiro trimestre de 2008, registrando queda em comparação ao mesmo período do ano anterior, afetado pela crise no mercado de crédito subprime ou de alto risco nos Estados Unidos.

O diretor financeiro do Barclays, Chris Lucas, não descartou hoje a possibilidade de venda de ações para aumentar o capital.

A instituição financeira britânica não é a única do país a ser afetada pela crise creditícia. As entidades Royal Bank of Scotland e HBOS também registraram prejuízos e afirmaram já ter levantado 16 bilhões de libras esterlinas para recompor o capital.

(Redação - InvestNews)

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais