Brasil fornecerá até 1.500 megawatts para Argentina no inverno

REUTERS

BRASÍLIA - O Brasil enviará até 1.500 megawatts à Argentina para ajudar o país vizinho a superar uma escassez de energia durante o próximo inverno, como parte de um acordo de intercâmbio, disse na sexta-feira o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão.

Os envios serão de entre 800 e 1.500 megawatts de energia entre maio e agosto, disse Lobão a jornalistas em Brasília.

- Temos que ajudar nossos irmãos argentinos - disse Lobão após reunião com Julio De Vido, ministro argentino do Planejamento Federal, Investimento Público e Serviços.

A Argentina vai pagar por parte da energia e compensará pelo resto fornecendo energia ao Brasil no final do ano, disse Lobão. Alguns analistas questionaram a capacidade da Argentina de retribuir com energia.

Nos últimos anos, o crescimento econômico acelerado e a falta de investimentos que acompanham a demanda têm provocado escassez de energia na Argentina.

O governo limitou a energia para a indústria e os grandes consumidores no ano passado, quando um inverno particularmente rigoroso impulsionou a demanda.