FMI reúne 25 países para impor regras a fundos soberanos

Agência AFP

EUA - O Fundo Monetário Internacional (FMI) reuniu, nesta quinta-feira, representantes de 25 países-membros para estabelecer, antes de outubro, um código de boa conduta destinado aos fundos soberanos, cujo auge levanta crescente preocupação no Ocidente.

O grupo é presidido por Jaime Caruana, diretor do Departamento de Mercados Financeiros do FMI, e por Hamad al Suwaidi, diretor da Abu Dhabi Investment Authority (ADIA), fundo soberano de Abu Dhabi, que investiu em novembro US$ 7,5 bilhões no Citigroup.

O Fundo apresentará suas conclusões preliminares 'em outubro', confirmaram seus dois dirigentes, em uma teleconferência.