Petrobras: gasolina sobe 10% nas refinarias na próxima sexta-feira

REUTERS

RIO - A Petrobras anunciou nesta quarta-feira o reajuste de 10% nas refinarias para o preço da gasolina e de 15% para o do diesel.

Os reajustes nos combustíveis passarão a vigorar a partir do dia 2 de maio, de acordo com comunicado da estatal à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

- Esse reajuste foi definido pela companhia levando em consideração um novo patamar internacional de preço do petróleo, em uma perspectiva de médio e longos prazos, e está em linha com as premissas definidas no Plano Estratégico da Petrobras de manter parametrizados os preços dos derivados ao mercado internacional - disse a nota.

Segundo o ministro da Fazenda, Guido Mantega, não haverá aumento de gasolina para o consumidor nos postos. Isto, porque o governo compensará o percentual do reajuste com a redução da Cide (Contribuição de Inervenção sobre o Domínio Econômico).

- Na bomba, a gasolina não vai subir, vamos reduzir a Cide de R$ 0,28 por litro, para R$ 0,18 por litro. Como este é um tributo regulatório para o setor, podemos usá-lo para impedir o reajuste ao consumidor - explicou o ministro.

No caso do diesel, o reajuste na refinaria será de 15% e, mesmo com a redução da Cide, o consumidor final deve perceber aumento de 8,8% nos postos.

A redução da Cide sobre o diesel será de R$ 0,04 (passa de R$ 0,07 para R$ 0,03).