Petrobras investe R$ 5 mi em supercomputador

SÃO PAULO, 17 de abril de 2008 - Um computador de alto desempenho será apresentado hoje às 14 horas no Núcleo de Computação Eletrônica (NCE) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Batizado de Netuno, é considerado a mais poderosa máquina HPC (Computação de Alto Desempenho) para uso acadêmico na América Latina e recebeu investimento de R$ 5 milhões da Petrobras. A inauguração ocorrerá no dia 13 de maio.

O ´supercomputador´ terá capacidade para processar amplo volume de dados simultaneamente e beneficiará, além da UFRJ, mais quatorze universidades brasileiras que compõem as redes. O equipamento foi inscrito no ranking mundial Top 500 das maiores máquinas de processamento paralelo.

Na apresentação técnica, hoje, o NCE irá divulgar a posição do Netuno no ranking. Segundo os técnicos envolvidos neste projeto, o cluster (conjunto de computadores ligados em rede) instalado tem desempenho estimado entre a posição 100 e 150 do ranking. O Brasil é representado atualmente neste ranking por um único cluster de alto desempenho, que figura na posição 451.

Segundo o geofísico Ricardo de Bragança, do Centro de Pesquisa da Petrobras (Cenpes), este equipamento vem suprir a demanda computacional das Redes Temáticas de Geofísica Aplicada e de Modelagem e Observação Oceanográfica. "Foi identificado o interesse de concentrar este poder computacional, ao invés de distribuir máquinas de menor porte em várias instituições. Isto porque seria possível resolver problemas maiores em uma mesma máquina", afirma Ricardo. Além disso, o equipamento é capaz de trabalhar de forma simultânea em diferentes tarefas. Isso reduzirá, por exemplo, o ciclo ocioso da máquina, enquanto os técnicos analisam dados gerados por ela.

Para Bragança, a grande vantagem de um cluster é obter maior desempenho com custo menor.

(Redação - InvestNews)