Economia do país cresce 10,6% no 1º trimestre

SÃO PAULO, 16 de abril de 2008 - A economia da China cresceu mais de 10% pelo nono trimestre consecutivo, apontando a força da expansão chinesa ao mesmo tempo que a crise dos Estados Unidos conduz o crescimento global para baixo.

O Produto Interno Bruto (PIB) da China cresceu 10,6% no primeiro trimestre de 2008, mais do que a média de 10,4% estimada pelos economistas. De acordo com o Escritório de Estatísticas, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) avançou para 8,3% em março, registrando a maior alta dos últimos 11 anos.

A China, o maior contribuinte para o crescimento mundial, tenta prevenir que o aumento dos preços dos alimentos se torne um fator de instabilidade social, ao mesmo tempo que evita medidas que possam provocar uma grande desaceleração. Combater a inflação e previnir o superaquecimento econômico são os principais objetivos do governo chinês para este ano, informou no mês passado Wen Jiabao, primeiro-ministro chinês.

"O crescimento da China beneficiará o restante da Ásia e será um dos principais contribuintes do crescimento mundial", disse Glenn Maguire, economista-chefe da Société Générale na Ásia.

(Redação - InvestNews)