BB reabre linha de capital de giro com taxa de 1,04%

SÃO PAULO, 15 de abril de 2008 - O Banco do Brasil (BB) reabriu as contratações do BNDES Capital de Giro Progeren, linha de crédito que oferece capital de giro às empresas localizadas em aglomerações produtivas. O empréstimo é destinado às pessoas jurídicas dos ramos industrial, comercial e de prestação de serviços de micro, pequeno e médio portes com faturamento bruto anual de R$ 60 milhões. Para a atual temporada, o BB manteve as principais condições oferecidas aos seus clientes em 2007, quando a linha de crédito foi suspensa, mas reduziu os encargos financeiros para TJLP (Taxa de Juros de Longo Prazo) mais 7% ao ano, o que representa uma taxa de aproximadamente 1,04% ao mês.

O valor mínimo do empréstimo é de R$ 5 mil e o máximo é definido de acordo com o porte e a Receita Operacional Bruta (ROB) da empresa. No caso das microempresas, o valor é limitado a R$ 100 mil. Para as pequenas empresas, é R$ 500 mil. E para as médias empresas pode chegar a R$ 4 milhões. O prazo de pagamento é de até 24 meses, incluindo período de carência de até 12 meses. O empréstimo pode ser contratado até 31 de dezembro de 2008.

A expectativa da instituição é que as novas condições negociais do BNDES Capital de Giro Progeren permitam o incremento de 259% sobre o saldo aplicado atual, atingindo R$ 60 milhões até o final deste ano.

(MLC - InvestNews)