Cresce procura dos jovens por cirurgias estéticas

SÃO PAULO, 3 de abril de 2008 - A Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica constatou que, nos útimos três anos, cerca de 20% dos pacientes que buscam um especialista tem entre 14 e 25 anos. Esse número tende a aumentar cada vez mais, já que a felicidade e o sucesso estão associados à forma física e os jovens recorrem a dietas, cosméticos e procedimentos estéticos para alcançar o 'padrão ideal'.

'Há procedimentos passíveis de realização, mas há outros que não são indicados aos adolescentes por estarem em plena transformação', alerta o cirurgião plástico Wandler de Pádua.

Nas clínicas, as cirurgias mais procuradas são a plástica de mama, tanto o aumento quanto a redução, a lipoaspiração e a rinoplastia (cirurgia de correção do nariz). Para cada uma é recomendada uma idade mínima, associada ao desenvolvimento da região a ser operada. Entretanto, existem procedimentos que devem ser feitos antes mesmo da adolescência: é o caso da otoplastia, mais conhecido como orelha de abano. O procedimento pode ser feito entre cinco e sete anos, pois a orelha da criança já está formada.

"É preciso observar se a vontade de mudar a aparência está associada à expectativa de um ganho secundário, como ser aceito pelos amigos ou obter maior atenção do namorado. Nesse caso, o resultado pode ser uma frustração e, até mesmo, um mal-estar maior",destaca a médica Mônica Mulatinho.

Uma vez observada a motivação e confirmada a indicação, a plástica pode atuar como importante fator para o bem-estar integral do jovem paciente. "Há procedimentos que, além de trazer um ganho estético e de auto-estima, são necessários à saúde. Esse é o caso da ginecomastia, o crescimento da mama no homem. O adolescente fica envergonhado e acaba se afastando de atividades sociais como jogar bola com os amigos, ir à praia e até mesmo namorar", conclui Wandler.

(Redação - InvestNews)