Estatal conclui compra de refinaria no Japão

SÃO PAULO, 1 de abril de 2008 - A Petrobras e a TonenGeneral, subsidiária da ExxonMobil, concluíram hoje o acordo para a compra de 87,5% de participação societária na Nansei Sekiyu, em Okinawa, pelo valor aproximado de US$ 50 milhões.

Segundo comunicado da estatal, o negócio representa um marco muito importante para a Petrobras que, pela primeira vez, entra na Ásia em operações de refino. A Nansei Sekiyu tem ainda como acionista a Sumitomo Corporation, que permanecerá com 12,5% da empresa, em sociedade com a Petrobras.

A Nansei possui uma refinaria com capacidade de processar 100 mil barris de petróleo leve por dia e produz derivados de alta qualidade e nos padrões do mercado japonês. Também conta com um terminal de petróleo e derivados para armazenamento de 9,6 milhões de barris, três piers com potencial para receber navios de produtos de até 97.000 deadweight tonnage (dwt) e uma monobóia para navios Very Large Crude Carrier (VLCC) de até 280.000 dwt.

Está prevista ainda a utilização da capacidade do terminal para impulsionar a negociação de biocombustíveis no Japão e no mercado asiático. Com isso, a Petrobras pretende ampliar seu intercâmbio tecnológico com o Japão, regida pela ética nos negócios, com responsabilidade social, comprometida com o desenvolvimento sustentável para uma melhor qualidade de vida dos cidadãos.

A aquisição da refinaria está alinhada ao Planejamento Estratégico da Petrobras no que se refere ao incremento da capacidade de refino de petróleo no exterior, contribui de forma significativa para o aumento da comercialização de petróleo e derivados produzidos pela Companhia.

(Redação - InvestNews)