Samsung Eletronics quer vender 10% mais em 2008

SÃO PAULO, 31 de março de 2008 - A Samsung Electronics anunciou que pretende aumentar em pelo menos 10% suas vendas em 2008, apesar da desaceleração da demanda global e do aumento de competitividade.

"Temos como objetivo superar em mais de 10% nossas vendas e ultrapassar a renda líquida que tivemos no ano passado, focando negócios com valor agregado", declarou o CEO da companhia, Yun Jong-yong, no encontro anual de acionistas da empresa, em Seul.

Geralmente, a reunião de acionistas ocorre em fevereiro, mas foi adiada neste ano para março, devido às investigações de que o grupo Samsung vem acumulando fundos para práticas de suborno, segundo acusou a promotoria pública sul-coreana.

Yun reconheceu que os quatro principais segmentos de negócios da companhia - chips de memória, telas de cristal líquido, telefones celulares e aparelhos televisores - estão crescendo menos que o esperado, e que enfrentam cada vez mais acirrada competição, seja no mercado local ou no exterior.

O setor de chips de memória, em especial, enfrenta um período de dificuldade, devido à grande oferta do produto no mercado e conseqüente queda no preço, o que fez diminur o lucro da empresa.

Em 2007, a Samsung Eletronics contabilizou renda de 63,2 trilhões de wons, sendo que sua receita líqüida atingiu 8,5 trilhões de wons. A empresa também contribuiu com 14,8% das exportações da Coréia do Sul e 20% dos impostos do país. A companhia declarou que reforçará a competividade de seus quatro mais importantes setores de negócios e também aumentará sua inserção em mercados emergentes, como a China e a Índia.

(Redação - InvestNews)