Inflação avança para 3,5% e bate novo recorde

SÃO PAULO, 31 de março de 2008 - A inflação na Zona Euro continuou se acelerando em março e avançou para 3,5%, ante 3,3% de fevereiro, registrando o maior patamar desde 1997, de acordo com o primeiro cálculo preliminar divulgado hoje pela agência européia de estatísticas, a Eurostat.

O Eurostat elabora sua primeira estimativa sobre a evolução da inflação a partir da informação fornecida pelos Estados-membros e com dados sobre preços energéticos. O índice preliminar foi impulsionado principalmente pelo aumento dos preços do petróleo, que registraram novos recordes, acima de US$ 110 o barril, em março.

A inflação anunciada supera levemente as expectativas dos economistas, que previam 3,4%, de acordo com uma pesquisa da agência Thomson Financial. A Zona Euro é formada pelos 15 países que adotaram a moeda européia.

(Redação - InvestNews)