Gerdau e ArcelorMittal negam operação com Gandrange

SÃO PAULO, 31 de março de 2008 - A Gerdau e o grupo indiano ArcelorMittal desmentiram nesta segunda-feira que estão em negociações de compra e venda da siderúrgica Gandrange, propriedade da ArcelorMittal no leste da França, como afirmou anteriormente o governo local. O grupo indiano enfatizou que sua fábrica de Gandrange não está à venda.

"A questão da venda de Gandrange não está sendo aventada. A Gerdau não apresentou qualquer oferta e a ArcelorMittal não recebeu qualquer oferta de compra", declarou um porta-voz do grupo à AFP.

"O grupo Gerdau indica que não está interessado na compra da fábrica Gandrange da ArcelorMittal", afirmou o grupo brasileiro em um comunicado.

O ministério francês da Economia confirmou nesta segunda-feira que dirigentes do grupo brasileiro foram recebidos recentemente em sua sede parisiense, mas precisou que não foi apresentada nenhuma oferta durante o encontro.

"Depois desta reunião, foi recomendado ao grupo Gerdau, que, até o dia de hoje, não apresentou nenhuma oferta de compra, que entre diretamente em contato com o grupo ArcelorMittal para precisar suas intenções", afirmou o ministério em um comunicado.

O governo local de Amneville (Moselle, leste) havia anunciado no domingo que o grupo Gerdau era candidato à compra da siderúrgica de Gandrange, onde a ArcelorMittal quer suprimir 595 postos de trabalho, e que um projeto nesse sentido foi apresentado na sexta-feira ao ministério da Economia.

(Redação - InvestNews)