Setor atende 130 mil pequenas e médias empresas

SÃO PAULO, 28 de março de 2008 - O setor fomento mercantil (factoring) no Brasil prestou serviços e atendeu aproximadamente 130 mil pequenas e médias empresas dos mais variados segmentos, que contribuíram para viabilizar transações econômicas industriais, comerciais e de serviços, sustentando 2,1 milhões de empregos diretos e indiretos e consolidando-se como uma forma efetiva de incentivo aos negócios no País.

A Associação Nacional das Sociedades de Fomento Mercantil (Anfac) comemora 26 anos de atividade de fomento mercantil, contabilizando um aumento no faturamento da ordem de R$ 71,5 bilhões, em 2007.

A atividade de fomento mercantil consiste na compra de direitos creditórios, à vista, em conjunto com a prestação de serviços como contabilidade, gestão financeira e fatores de risco. Um de seus maiores expoentes é o projeto de lei que tramita no Senado Federal que recomenda a regulamentação da atividade, evitando que o factoring seja praticado por quem não age de acordo com os princípios legítimos do fomento mercantil.

O projeto é necessário visto que, "não há ainda o total esclarecimento da população do que é a atividade de fomento mercantil. Muitos acreditam que fomento mercantil é o empréstimo de dinheiro a terceiros, com cobrança de juros", diz o presidente da Anfac, Luiz Lemos Leite.

(MLC - InvestNews)