Petróleo recua após alta provocada por explosões no Iraque

REUTERS

LONDRES - O petróleo recuou para aproximadamente 107 dólares o barril nesta sexta-feira, devido à recuperação do fluxo do produto em um sistema de dutos iraquiano, que sofreu um ataque a bomba na quinta-feira. Por volta ads 9h55, o petróleo negociado nos EUA caía 81 centavos de dólar - ou 0,75 por cento -, para 106,77 dólares o barril.

O petróleo tipo Brent em Londres recuava 48 centavos de dólar, para 104,52 dólares o barril. Na quinta-feira, sabotadores atacaram um sistema de oleodutos no sul do Iraque durante o terceiro dia de uma operação contra combatentes leais ao clérigo xiita Moqtada Al-Sadr no porto petroleiro de Basra. Na sexta-feira, o sistema de dutos, que bombeia 1,5 milhão de barris por dia, havia retomado o fluxo e operava a níveis superiores aos normais no terminal exportador de Basra.

Analistas dizem que o ataque -primeira interrupção no fluxo de petróleo do Iraque desde 2004 - pode levar o mercado a agregar um prêmio aos preços sustentado por novos receios, já que a ação eleva o risco de suspensão no fornecimento, anteriormente tido como estável.

- Não é a perda do petróleo que alimentou a alta, é a volta da instabilidade à região que preocupa os traders - disse Robert Laughlin, da MF Global.

Segundo autoridades, investigações não mostraram qualquer tipo de dano provocado pelo ataque aos dois dutos principais, apenas a um duto menor.