Confiança dos consumidores dos EUA caiu em março

Agência EFE

NOVA YORK - A confiança dos consumidores dos Estados Unidos no desempenho da economia caiu em março mais do que o previsto, e se percebe uma atitude mais sombria a respeito da situação nos próximos meses, segundo dados definitivos da Universidade de Michigan divulgados nesta sexta-feira.

O índice de confiança caiu para 69,5 pontos, frente aos 70,8 pontos de fevereiro, segundo a pesquisa mensal dessa entidade.

Os economistas previam um índice de 70 pontos e os cálculos preliminares divulgados em meados de mês o colocaram em 70,5 pontos.

O subíndice relativo à confiança nas atuais condições da economia subiu para 84,2 pontos, frente aos 83,8 pontos do mês anterior.

O subíndice correspondente às expectativas dos consumidores para os próximos meses caiu para 60,1 pontos, frente aos 62,4 pontos de fevereiro.

Os dados que sugerem uma redução na confiança dos consumidores sobre o comportamento da economia tendem a inquietar os mercados financeiros, devido ao efeito negativo que isso pode ter na despesa dos americanos e a conseguinte repercussão nos lucros empresariais.