Bolsas da Ásia avançam com otimismo sobre economia da região

REUTERS

TÓQUIO - Os mercados asiáticos ensaiaram uma recuperação antes do final deste trimestre com os investidores considerando que o impacto na Ásia de uma recessão nos Estados Unidos e da crise global de crédito foram exagerados. A cautela sobre o panorama econômico norte-americano cobrou seu preço no barril de petróleo, que caiu 1 dólar.

Às 8h04 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne mercados da região Ásia-Pacífico exceto Japão tinha alta de 1,15 por cento, em 460,47 pontos. O índice acumula queda de quase 14 por cento este ano e caminha para sua pior queda trimestral em cinco anos e meio por temores sobre a saúde do sistema financeiro global, inflação crescente e perspectivas ruins para os lucros de empresas.

A bolsa de Tóquio se recuperou ante perda da véspera e subiu 1,7 por cento, a 12.820 pontos. O índice Kospi de SEUL também teve alta, de 1,5 por cento, ajudada por papéis de tecnologia, como a Samsung Electronics .

- A previsão é que o setor de tecnologia anuncie lucros acima do esperado graças a venda de portáteis e LCD - afirmou John Park, analista na Daishin Securities, em Seul.

Em Hong Kong, o índice Hang Seng disparou 2,74 por cento, a 23.285 pontos. Em contrapartida, a bolsa de Sydney fechou em leve queda de 0,38 por cento, em 5.351 pontos. Xangai disparou 4,94 por cento, Taiwan avançou 0,22 por cento e Cingapura subiu 0,22 por cento.