Saúde lidera alta do IPC, mas recua para 0,54%

SÃO PAULO, 26 de março de 2008 - Entre os sete grupos pesquisados pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe/USP), destaque para Saúde. Os preços do grupo registraram inflação de 0,54% e lideraram a alta da terceira quadrissemana de março, apesar do recuo de 0,08 ponto percentual em relação à inflação de 0,62% observada na última prévia.

Outros grupos que compõem o IPC também apresentaram desaceleração nos preços. Na comparação entre a segunda e a terceira quadrissemana de março, os custos de Transportes caíram de 0,36% para 0,33%, enquanto os de Educação diminuíram de 0,12% para 0,08%, registrando um recuo de 0,04 ponto percentual.

O grupo Despesas Pessoais apresentou aceleração nos preços, registrando inflação de 0,32% na atual medição. O resultado é 0,09 ponto percentual maior ante à variação positiva de 0,23% observada na última prévia.

Já os custos de Habitação permaneceram estáveis na terceira quadrissemana de março, registrando inflação de 0,42%, mesmo patamar observado na medição anterior.

(Marcel Salim - InvestNews)