Rio Tinto classifica como 'baixa' a proposta da BHP

SÃO PAULO, 26 de março de 2008 - A mineradora australiana Rio Tinto rejeitou a proposta de aquisição da BHP Billiton, avaliada em US$ 147 bilhões e que visava a formação de uma gigante no setor de mineração. A Rio Tinto advertiu que ambas empresas poderiam enfrentar riscos caso se tornassem demasiadamente grandes e classificou como "baixo" o valor da oferta.

"Nós rejeitamos a proposta da BHP estritamente em função do valor", disse Tom Albanese, chefe-executivo da Rio Tinto. As mineradoras poderiam perder a eficiência nos ganhos se ampliassem seus negócios, acrescentou Albanese.

O executivo reiterou suas perspectivas de crescimento em relação às commodities minerais, incluindo alumínio, cobre e minério de ferro, que continuarão se valorizando. Albanese também afirmou que viu oportunidades de crescimento em futuras parcerias com companhias chinesas e empresas de outras regiões, como a África.

No mês passado, a Chinalco adquiriu US$ 14 bilhões em ações na Rio Tinto, mas disse que não planejava sua aquisição. Ambas empresas, BHP e Rio Tinto, poderiam criar a terceira companhia mais rica do mundo, com um mercado de capitalização atrás somente da Exxon Mobil e General Electric.

(Micheli Rueda - InvestNews)